Skip to content
Lanches intermediários: como fazer escolhas inteligentes?

Alimentação Saudável

Eles são importantes para manter a saciedade, o pique e o foco para realizar as tarefas do dia a dia e podem ser deliciosos. Permita-se essa refeição e seus benefícios!

Mulher andando de bicicleta em um parque

Quando falamos de alimentação equilibrada, não podemos nos esquecer das refeições intermediárias. É comum darmos mais atenção às refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) do que aos lanchinhos consumidos no meio da manhã ou da tarde e na ceia, uma vez que, frequentemente, são feitos mais rapidamente e nem sempre se tem tanto tempo disponível para sua elaboração, preparo ou consumo. No entanto, assim como as refeições principais, os lanches são muito importantes para a manutenção de nossa integridade física, mental e emocional, além de contribuir para a conquista de um aporte nutricional diário adequado.

Segundo os princípios da Nutrição Comportamental, a alimentação deve ser vista de modo integral, ou seja, um hábito que vai muito além do conjunto de nutrientes contidos em cada alimento e deve considerar também os aspectos emocionais e sociais envolvidos em cada refeição. É uma visão holística sobre a alimentação que considera os contextos nutricional e biopsicossocial. Ela inclui todos os grupos alimentares como parte de uma alimentação equilibrada, desde que se respeite a frequência e moderação de consumo. Assim, o ideal é que os lanchinhos também sejam balanceados, bem como o conjunto geral dos alimentos consumidos diariamente.

A dica é ter à mão opções práticas e saudáveis, que nos ajudem a lidar não só com a fome, mas com a vontade de comer que, em algumas situações, a ansiedade pode provocar. Confira abaixo os grupos de alimentos mais indicados para os lanches. São opções que trazem nutrientes como proteína, carboidratos, gorduras mais saudáveis (insaturadas), fibras, vitaminas e minerais - os pilares da boa nutrição. Você pode optar por um item de cada grupo ou mesmo combiná-los de forma equilibrada. Por exemplo: iogurte com fruta e cereais e/ou castanhas ou pão com queijo branco ou salada de frutas com lascas de amêndoas.

Os lanches intermediários auxiliam na manutenção da saciedade e contribuem para a estabilidade do nível de energia, proporcionando maior disposição e concentração para realizarmos nossas tarefas com mais eficiência, já que mantêm o corpo “abastecido” ao longo do dia e favorecem a nutrição do organismo como um todo.

Outro ponto é que eles ajudam a criar uma rotina nas refeições, o que é positivo, porque manter a regularidade colabora para que comamos apenas o necessário, evitando picos de fome nas refeições maiores. Assim, o recomendado é fazer os lanches diariamente, em horários semelhantes, sempre com foco na comida, mastigando devagar e desfrutando o sabor do alimento para melhor aproveitamento do momento. Aproveite a hora dos lanches como uma importante oportunidade de interação social com seus colegas ou familiares e desfrute dos sabores, texturas, cores e aromas da sua refeição!

E sorvete? Pode ser o sorvete uma opção de lanche intermediário?

Na Kibon, acreditamos que sim, sempre inserido em uma alimentação e hábitos de vida ativos e balanceados, considerando-se o dia como um todo. Na Kibon, todos os sorvetes são criados junto com nossas nutricionistas, que asseguram um desenvolvimento responsável dos produtos, para que possam ser parte de uma alimentação variada e equilibrada. Então, para quem gosta de um sabor mais doce na hora do lanche, a Kibon tem, sim, opções que você pode incorporar, ocasionalmente, como parte de uma alimentação equilibrada. Nesses casos é fundamental que se considere a frequência e moderação no tamanho da porção consumida.

Você já conhece nossas delícias refrescantes da linha Fruttare? Fruttare Muita Fruta, nos sabores morango e manga, possui poucos ingredientes e alto teor de fruta em sua composição, o que favorece que sejam atendidos os atributos de sabor, cor e textura da própria fruta! Respeite as necessidades e vontades do seu corpo. Possuindo  uma alimentação equilibrada e associada à prática regular de atividade física, se você, por acaso, quiser algo mais indulgente,  aproveite esse momento para saborear um delicioso Cornetto ou compartilhe uma caixinha de nossa linha Monobites, representada pelos bombons de Eskibon ou Magnum, com seus colegas no lanche da tarde.

Gostou das nossas dicas? Confira muitas outras matérias que podem te ajudar a levar uma vida mais saudável e equilibrada! E lembre-se, sempre consulte um nutricionista em caso de dúvidas.

palito de picolé

Referências Bibliográficas

1. Alvarenga M, Figueiredo M, Timerman F, Antonaccio C. Nutrição Comportamental. Barueri: Manole; 2019. Nutrição comportamental no atendimento de crianças e adolescentes (cap. 17); 433-442.

2. Philippi ST. Redesenho da Pirâmide Alimentar Brasileira Para uma Alimentação Saudável [internet]. 2013 [Acesso em 17 jun. 2020]. Disponível em: https://www.udc.edu.br/libwww/udc/uploads/uploadsMateriais/14052018151529redesenho%20da%20pir%C3%A2mide%20alimentar.pdf